Fast Bio: Walt Disney

Dezembro 4, 2017/Blog

Nome: Walter Elias Disney

(nasceu a 5 de dezembro de 1901, em Chicago e morreu a 15 de dezembro de 1966, na Califórnia)

Nacionalidade:
Norte-americano;

Escola: Começou por frequentar a Park School em Marceline e posteriormente a Benton Grammar School em Kansas City; Quando a família voltou para Chicago, Disney ingressou na McKinley High School onde se tornou o cartoonista do jornal da escola ao mesmo tempo que, à noite, frequentava a Chicago Academy of Fine Arts;

Vida:
Walt Disney cresceu em Marceline, no Missouri, e desde cedo mostrou o seu interesse pelo desenho; Já em criança dominava a arte dos lápis e da aguarela; Mais tarde, quando a família se mudou para Kansas City, Walt frequentou o Kansas City Art Institute onde começou a desenhar cartoons; Na década de 1920, em casa, iniciou os primeiros experimentos na animação com uma câmara; Em 1923 mudou-se para Hollywood e foi aí que, juntamente com o irmão Roy, fundaram a Disney Brothers Studio que mais tarde se tornaria a famosa The Walt Disney Company; Em 1925 Walt casou-se com Lilian Bounds e juntos tiveram 2 filhas, Diane e Sharon, sendo esta última adotada; Em maio de 1928 acontece a primeira aparição de Mickey Mouse numa animação – a imagem icónica de Mickey ao volante de um navio; Em 1932 a Disney assina um contrato de distribuição com a Columbia Pictures e Mickey Mouse torna-se cada vez mais popular conquistando o mercado internacional; É nesta altura que a Disney se apercebe da importância de contar histórias emotivas que convocariam o público e investe num departamento de “histórias” separado do departamento de animação; Em dezembro de 1937 estreia aquele que seria a primeira longa metragem de animação da Disney – A Branca de Neve e os Sete Anões – e começa aqui a chamada era de ouro da animação; Em 1941 “Dumbo” vem reforçar o poder da indústria “animada” e em 1942 é a vez de “Bambi” ver a luz do dia; Na década de 50 “Cinderella”, “Alice no País das Maravilhas” e “Peter Pan” conquistaram o mundo; Foi ainda nesta década que Walt Disney começou o projeto de construção de um parque temático e em julho de 1955 a Disneyland abre ao público; Passado um mês o parque temático recebia mais de 20 mil visitantes por dia; Na década seguinte um novo parque de diversões foi projetado, desta vez com o nome de Disney World; Em novembro de 1966 Walt Disney é diagnosticado com um cancro de pulmão; A 15 de dezembro, 10 dias após o seu 65º aniversário, Walt Disney acaba por morrer; Após a morte de Walt os seus estúdios continuaram a produzir filmes de animação mas só em 1989 é que um novo sucesso acontece, desta vez com “A Pequena Sereia”;

Curiosidades: A Disney foi nomeada para 59 Óscars chegando a vencer 22; Vários filmes constam no National Film Registry dos EUA por causa do seu contributo “cultural, histórico e estético”;

Características e críticas:
A personalidade pública de Walt Disney era muito diferente da sua personalidade real; São vários os testemunhos que alegam que Walt era extremamente tímido e auto depreciativo mas escondia estas características do público; Considerado por muitos como um patriota que elevou a cultura popular a um nível sem precedentes é considerado por outros como um paradigma do imperialismo e intolerância norte-americana chegando a ser acusado de ser “um manipulador cínico de fórmulas culturais e comerciais”; Críticas de antissemitismo também são comuns embora a empresa Disney seja responsável por grandes doações a instituições de caridade judaicas; Acusações de racismo ou de insensibilidade racial também constam nas críticas a Walt Disney embora não haja qualquer testemunho de comportamentos que as comprovem;

Conhecido por:
Walt Disney foi um produtor cinematográfico pioneiro no ramo da animação; Entre as várias valências como cineasta, diretor, empreendedor, filantropo e co-fundador da The Walt Disney Company, Walt Disney conquistou o imaginário de crianças no mundo inteiro; É uma das principais personalidades do século XX;

Frase: “Todos os teus sonhos se podem tornar realidade se tiveres coragem de os perseguir.”

Teresa Rolla

TeresaRolla.com