5 Minutos de História: O Projeto Manhattan

Outubro 3, 2017/Uncategorized

O início: Em agosto de 1939 um conjunto de físicos proeminentes, entre os quais Einstein, enviaram uma carta ao Presidente americano Franklin D. Roosevelt, onde o alertavam que havia a possibilidade de desenvolvimento de um projeto de “bombas extremamente poderosas e de um novo tipo”; Roosevelt não hesitou a suplantar todas as necessidades exigidas e o processo que viria a transformar o urânio numa força de destruição maciça começou a sua marcha. Aliados ao Reino Unido e ao Canadá, os Estados Unidos desenvolveram aquele que seria o marco histórico do século XX: A Bomba Atómica;

O desenvolvimento: Muitos laboratórios e universidades dos Estados Unidos, Reino Unido e Canadá trabalharam em conjunto neste projeto; Foram construídas várias fábricas de produção de materiais químicos necessários à elaboração das bombas nos EAU e Canadá; Ao todo chegou quase aos 130.000 o número de empregados no Projeto mas é importante dizer que, muitos deles, não sabiam aquilo para que estavam a trabalhar; Havia todo um secretismo à volta do desenvolvimento deste tipo de bombas inéditas e qualquer informação obtida por países não aliados podia condicionar o avanço da investigação; A Alemanha e a Rússia eram a principal preocupação dos EUA, era do conhecimento geral que os dois países estavam a desenvolver a mesma investigação; A detonação da primeira bomba deste novo género aconteceu com a Experiência Trinity, um teste sugerido por vários cientistas e dirigido por Robert Oppenheimer, em Alamogordo, no Novo México, a 16 de Julho de 1945; O cogumelo atómico atingiu 12km de altura e a onda de choque foi sentida a mais de 160km; Esta explosão marca o início da era atómica;

A conclusão: Embora a guerra na Europa tenha terminado em Maio de 1945 quando a Alemanha assinou o acordo de rendição, a guerra no Pacífico continuou com o Japão como principal alvo dos Aliados; Em agosto de 1945 duas bombas atómicas arrasaram Hiroxima e Nagasáqui; “Litle Boy” e “Fat Man” causaram centenas de milhar de mortos e levaram à rendição do Japão; Foi assim que acabou a Segunda Guerra Mundial”;

Teresa Rolla

TeresaRolla.com