Fast Bio: Frida Kahlo

Setembro 4, 2017/Blog

Nome: Magdalena Carmen Frida Kahlo y Calderón

(Nasceu em Coyoacán a 6 de Julho de 1907 e morreu na mesma cidade a 13 de Julho de 1954)

Nacionalidade: Mexicana

Escola: Devido à poliomielite (uma doença infeciosa que afeta certos músculos tornando-os fracos podendo degenerar em paralisia – no caso de Frida foi a sua perna direita que ficou afetada sendo mais pequena e fina que a esquerda), Frida iniciou os estudos mais tarde que o normal tornando-se uma criança introvertida por causa do isolamento a que foi submetida; Teve aulas em casa embora tenha chegado a frequentar uma escola alemã da qual viria a ser expulsa por desobediência; Aos 15 anos foi aceite numa escola de elite e provou ser uma aluna promissora; Tornou-se uma leitora voraz, interessou-se pelo ativismo político e por questões de justiça social que floresciam na cultura mexicana; A par da sua luta intelectual, contra tudo o que fosse conservador e opressor, começou a ter aulas de desenho e, aos 18 anos, começou a trabalhar como aprendiz de um pintor mexicano;

Vida: Kahlo cedo teve que enfrentar problemas de saúde e, como se não bastasse este infortúnio, aos 18 anos sofreu um acidente grave quando o autocarro em que seguia da escola para casa embateu num elétrico; Várias pessoas morreram e Frida sofreu várias fraturas que a tornaram dependente de um colete de gesso para o resto da vida; Ficou sem poder andar durante 3 meses e a dor e a doença nunca mais a abandonariam; Durante a recuperação começou a pintar com a ajuda de um cavalete adaptado para que pudesse pintar na cama; Passou dois anos deitada; Quando pôde voltar a ter uma vida social reencontrou os seus amigos de escola e ingressou no Partido Comunista Mexicano; Foi neste período que conheceu Diego Rivera, um famoso pintor e ativista do PCM que ficou fascinado pelas suas pinturas; Frida teve uma vida curta (morreu aos 47 anos), mas prolífica artisticamente; Nunca se deixou abater pelos vários problemas de saúde que a assolaram e tornou-se uma das mais significativas artistas do século XX;

Casamento: Frida e Rivera começaram uma relação pouco tempo depois de se conhecerem e, apesar de ele ser muito mais velho do que ela e um mulherengo confesso, Frida foi em frente na decisão de se tornar sua mulher; Casaram no dia 21 de Agosto de 1929 e tornaram-se um casal-sensação do méxico; Foram várias vezes alvo da imprensa mexicana e internacional que os tratava simplesmente como “Diego e Frida”. Viveram em várias cidades do México, em São Francisco, Nova Iorque e Detroit; Frida engravidou e abortou algumas vezes devido ao acidente que sofreu; De regresso ao México a saúde de Frida começou a deteriorar-se e o casamento entrou num período de tensão; Rivera já tinha sido infiel antes e, desta vez, manteve um caso com a irmã mais nova de Frida, Cristina, o que provocou um grande abalo no casamento; Nos anos seguintes ambos foram infiéis, até se divorciarem em 1939;

Geografia: México, EUA, Paris;

Conhecido por: Pintora de autorretratos que explorava questões como a identidade, o género, as classes sociais, o pós-colonialismo e a raça; Misturou a realidade com a fantasia o que conferiu aos seus trabalhos uma aura surrealista ou de realismo mágico que a tornaram uma artista incomparável e intemporal;

Curiosidades: Foi André Breton quem conseguiu arranjar a primeira exposição a solo de Frida; Até à década de 1970 apenas era conhecida como “a esposa de Rivera”; Frida foi a primeira artista mexicana a ter um quadro exposto no Louvre;

Ficção: Frida (2002) – filme biográfico com Salma Hayek no papel de Frida;

Frase: “Bebia para afogar as mágoas, mas as malditas aprenderam a nadar.”

Teresa Rolla

TeresaRolla.com