Fast Bio: Simone Veil

Julho 3, 2017/Blog

Nome: Simone Veil

(Nice, 13 de Julho de 1927 – Paris, 30 de Junho de 2017)

Nacionalidade: Francesa;

Religião: Judaica;

Escola: Licenciou-se em direito na Sciences Po, foi magistrada, ministra e ocupou vários cargos públicos e políticos ao longo da vida;

Vida: Pertencia a uma família de judeus que, a partir de 1940, foi vítima de perseguições na sequência da invasão Nazi em França; A família foi presa e deportada em Março de 1944 quando Simone tinha 16 anos; Sobreviveu a trabalhos forçados em Auschwitz-Birkenau e em Bergen-Belsen; Ficou, para sempre, com o número de prisioneira – 78651 – tatuado no braço; Em 1946 casou com Antoine Veil, de quem teve 3 filhos;

Influências: Antissemitismo, Feminismo, Europeísmo;

Geografia: França;

Conhecida por: Em 1974 elaborou o projeto lei que despenalizou a interrupção voluntária da gravidez que obteve aprovação em 1975; Foi a primeira mulher a Presidir ao Parlamento Europeu;

Características: Europeísta convicta, Anticonformista, Independente e Contestatária;

Ficção: Simone Veil inspirou a curta-metragem “Les Hommes s’en souviendront” (2006) e o Telefilme “La Loi” (2014);

Livro: Em 2010 publicou a sua biografia: Simone Veil, Une Vie, Une Jeunesse Au Temps De La Shoah;

Frase: “Entre todas as consequências físicas e morais da deportação, uma das mais difíceis foi a humilhação. A humilhação até ao mais fundo de nós próprios…” / “Penso que sou uma otimista, mas não tenho ilusões desde 1945.”

Teresa Rolla

TeresaRolla.com